Envie um Whatsapp para (17) 992-566-493 ou (17) 996-299-739

Se você deseja investir ou já investe em franquias, não deixe de ler essas 3 dicas de especialistas jurídicos da área. 

Ter uma franquia é uma das melhores e mais seguras formas de investimento para pequenos e médios empreendedores no Brasil.  

Isso porque, além de oferecer alta rentabilidade, o franchising é um modelo de negócio que reproduz as operações de uma marca que já possui sucesso no mercado, o que diminui (e muito!) os riscos do empreendimento.

No entanto, assim como outros tipos de investimento, apostar em franquias requer alguns cuidados especiais.

Dessa maneira, é preciso estar atento aos mínimos detalhes para não ter dores de cabeça ao administrar seu empreendimento.

Pensando nisso, a equipe do Lourenção & Monteiro Advogados selecionou 3 dicas essenciais para que o sucesso da sua franquia. 

1. Registre a sua marca ou patente no INPI 

Marca de franquia registrada no INPI

Apesar de não ser uma obrigação legal, registrar a marca ou a patente da franqueadora traz segurança ao sistema de franquias tanto para a franqueadora quanto para a franqueada. 

Isso porque, com o registro, evita-se que a marca seja “tomada” por outra empresa, diminuindo os riscos relacionados à segurança da sua propriedade intelectual

A marca ou patente deve ser registrada no INPI, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial, seguindo os padrões e regras do Instituto para o franchising. 

Com isso, o franqueamento pode ocorrer de maneira muito mais segura e as franquias podem se desenvolver sem enfrentar problemas relacionados à propriedade intelectual da marca. 

2. Mantenha o modelo de operação e a qualidade da franqueadora 

A empresa franqueada deve manter os padrões de qualidade e operação que são exigidos no contrato de franquia. 

Franquia mantendo modelo de operação da franqueadora

Dessa forma, ela pode reproduzir igualmente os serviços prestados por qualquer unidade da rede franqueada, garantindo o sucesso da marca.  

Por esse motivo, é essencial que a franqueadora forneça o treinamento e o suporte técnico necessários às franquias, atendendo sempre às dúvidas e pedidos relacionados com a manutenção da qualidade do franchising. 

Atenção! A franqueada precisa respeitar a marca acima de tudo. 

Nesse tipo de negociação, a marca da empresa franqueadora é um dos maiores patrimônios da Franqueada.  

É através dela que se cria uma relação de interdependência entre a empresa Franqueadora e a Franqueada, possibilitando o franchising.

É obrigação da franqueada não violar nenhuma norma da lei de franquias e nem desrespeitar o contrato de franqueamento.  

Além disso, ela deve fazer de tudo para manter a integridade da marca, evitando futuras dores de cabeça com a Justiça – e o pagamento de grandes indenizações! 

É muito importante que a franqueadora exponha às franqueadas a realidade da marca e as reais possibilidades do negócio.

Sem isso, o relacionamento será dificultado e os riscos do investimento serão aumentados.

3. Esteja 100% atento à Lei de Franquias e ao contrato de franchising

O sucesso do franqueamento depende do cumprimento de requisitos mínimos para que haja uma boa relação entre a empresa franqueadora e a empresa franqueada.   

Por esse motivo, a Lei de Franquias estipula regras básicas para que nos contratos de franquias não haja exageros que possam tornar o franqueamento desvantajoso para alguma das partes.

Uma franquia que respeita o contrato de franchising

Essas regras são fundamentais para que o desenvolvimento do negócio ocorra de maneira pacífica e verdadeiramente rentável para as empresas.

Além de estarem atentas à Lei, é muito importante que as empresas cumpram tudo que está acordado no contrato de franquias.

Qualquer descumprimento das cláusulas pode gerar problemas judiciais e prejuízos elevados à saúde financeira do negócio.

Tenha sempre um advogado de confiança para assessorar o seu empreendimento!

Ter um advogado de confiança é de suma importância para o sucesso da sua franquia.

Apesar de muitas vezes os empreendedores não darem o devido valor à profissão jurídica, só os advogados têm a expertise necessária para verificar se está tudo OK com situação jurídica do seu negócio.

Advogados são capazes de enxergar detalhes que, apesar de pequenos, podem trazer grandes dores de cabeça para o empresário se não forem consertados da maneira adequada.

Como dizem os antigos, é melhor prevenir do que remediar – e é exatamente por isso que o advogado é uma peça fundamental para o franchising.

Afinal de contas, uma franquia deve dar lucros e não prejuízos financeiros decorrentes de processos judiciais!

Ficou com alguma dúvida sobre franquias?

Apesar dessas dicas serem cruciais para o sucesso da sua franquia, o mundo do franchising é muito mais amplo e complexo.

Por isso, a melhor maneira de você ter certeza de que está no caminho certo na administração de sua franquia é através da consultoria de profissionais especializados.

Só profissionais especializados podem avaliar cada particularidade do seu negócio e analisar os melhores pontos de oportunidade para você.

Advogados, administradores e contabilistas são os profissionais mais adequados para darem suporte ao seu empreendimento, dentro das possibilidades de cada profissão.

Ficou com alguma outra dúvida? Fale com a equipe do Lourenção & Monteiro Advogados!